terça-feira, 24 de agosto de 2010

As vias da Serra do Estrago

A Serra do Estrago possui hoje cinco vias tradicionais com graduações variando de II a VIIa, além de três vias móveis com aproximadamente 30m. É o setor com as maiores vias de Brejo da Madre de Deus.

Clique na imagem para ampliá-la

1. Rampão (2° VIsup E3 D2) 290m
2. Vídia Bandida (3° VI E3 D1) 190m
3. Estilo Élvis (VIIa E2) 30m
4. Pastor João e a Igreja Invisível (Vsup E2) 30m
5. Tratado de Kyoto (VIsup E4) 25m
6. Caninana (3° IV E3 D1) 200m
7. Código Barnabé (4° VIIa A0/7b E2/E3 D1) 215m
8. Piolho de Cobra (4ª VIIa E3 D1) 235m


A primeira via da Serra do Estrago chama-se "Em Busca de um Sonho" e foi conquistada por Heraldo e Milson em 2003, se trata de um escalada de 2° grau de mais de 200m. O detalhe é que é não possui nenhuma proteção fixa... móvel também não, solo!


Em seguida veio a conquista do Rampão, em 2007. Com 290m foi a primeira grande conquista da galera que hoje forma a ASPER, vários grampos mal batidos enfeitam o início da via...hehehe. É por si só a maior via de Brejo, mas termina na base de uma via em móvel, chamada Estilo Élvis, graduada em 7a, que soma mais 30m à escalada e dá acesso ao cume, facilitando a descida que pode ser feita pela trilha. A boa é levar 26 costuras (ou menos) e escalar à francesa (se a dupla for entrosada e consciente pra realizar esse tipo de procedimento), parando só na base do topete, escalando assim é possível fazer a via em menos de 1h...haja panturrilha!

Fábio, Sílvio Neto e Cauí no Rampão. Foto: Luciano W.

Cauí na Estilo Élvis. Foto: Sílvio Neto

Chegando pelo Rampão à base do topete é possível fazer cume pela "Pastor João e a Igreja Invisível", um 5sup conquistado por mim e pelo Luciano W. em 2009?, cabem proteções móveis e laçadas em duas árvorezinhas, bonita via!
A via Vídia Bandida foi iniciada a alguns anos pelo Nequinho e Lúcio e possuia uma enfiada de IV conquistada, em 2009, após falar com os conquistadores fomos lá e continuamos essa conquista (rapel na broca e tudo mais) concluindo os 190m, hoje existe a opção de fazer cume emendando na via Código Barnabé.
Vídia Bandida

Na era da furadeira os 200m da via Caninana foram abertos rapidamente, é a segunda via mais fácil do setor, porém mais bem protegida que o rampão, sem fugir do estilo tradicional. A escalada é em agarras bastante sólidas e confiáveis.

Caninana. Foto: Dago

Pra preencher o vazio entre a Vídia Bandida e a Caninana, surgiu a via Piolho de Cobra, uma via de grau geral IV, com uma enfiada de 30m verticais graduada em VIIa, escalada em regletes sonoros. A via termina na rampa ao lado da Código Barnabe, por onde pode-se atingir o cume!

Lula Dago e Miguel na Piolho de Cobra

A via Tratado de Kyoto é uma laca com opções de colocação móvel muito precárias, conquistada pelo Luciano W. e pelo Mummmmm-HHAAA, 30m E4!!
Conquistada paralelamente à Piolho de Cobra, a via Código Barnabé possui grau geral IV, e a primeira enfiada é um VIsup beeem técnico e constante, no meio da via há um 7b delicadíssimo (esse lance pode ser passado roubando) e pra fechar com chave de ouro, 15m verticais 7a no topete, agarrões e uma lancesinho no final...só conferindo de perto. As estatísticas, por Luciano Willadino: 10 envestidas, 45 grampos, 11 chapeletas, várias chuvas, 2 batedores quebrados, 19 furos com furadeira, 37 na munheca, 3 grampos perdidos na base e muitas historias.

Alex na Código Barnabé

Por enquanto é só!

5 comentários:

Miguelito disse...

Putz, bateu saudade agora... WORK LESS CLIMB MORE !!!!!

Menger of Stone disse...

Caracas, relato completo, muito show a descrição e história das vias, parabéns a todos. No Encontro estaremos aí pra tentar o que faltou, hehe.

Chalegre disse...

Show Caui! Excelente post.

Menger of Stone disse...

Ae, olhando as fotos lembrei que não consegui contato com o Lula para a Copa de Escalada, alguém que tenha o contato dele avisa Ele e sua trip, são sempre fortes competidores.

Patricia Manzi disse...

Eita Cauitcho...trabalho de primeira, tarefa de casa bem feita!!!
xerim..inté sexta!